Irã e suas artimanhas sórdidas! Culpemos os outros pelo que faremos.

Por Amir Kater

Como lidar com um líder de Estado como o do Irã, melhor como lidar com quaisquer dos que houve ou ainda vai haver?

Ora, um país, sabidamente apoiador do terrorismo internacional, com um alinhamento mais do que evidente, e, abertamente declarado com o ignóbil “Hezbollah” adverte que o país, Irã, poderá abandonar acordo nuclear assinado em junho de 2015 com Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido e França, mais Alemanha, por conta das sanções já existentes e pelas que, ao que tudo indica, possa haver. Qual a lógica disso; quer o que o país do terror, que toda a comunidade ocidental aceite seus desmando, com algo tão serio quanto um programa nuclear, sempre rodeado de obscuridades?

Diz o presidente, terrorista, “jihadista”, islâmico que: “em um tempo curto, não em um prazo de semanas ou meses, mas de dias e horas”, seguindo com: “Os novos governantes dos EUA devem saber que a experiência fracassada de sanções trouxe suas administrações anteriores à mesa de negociações” em evidente tom agressivo e de ameaça ao atual governo estadunidense.

Houve outras colocações por parte do senhor Rohani sobre o programa nuclear de seu país com relação ao quesito sanções contra seu país, mas usam de maneira sorrateira as palavras, alias pratica comum aos islâmicos; se não vejamos o que o mesmo coloca: “O Irã cumpriu com seus compromissos e acompanhará de maneira séria qualquer violação por parte dos demais e responderá em concordância”

Dentro das varias sanções impostas ao Irã houve por parte do parlamento do país aprovação de projeto de lei que versa sobre as medidas contra as imposições “ocidentais”, uma das que mais nos chamou a atenção é a de reforço de US$ 500.000.000,00 (quinhentos milhões de dólares) para “programa DEFENSIVO de mísseis”. Ora, “defensivo”, num país financiador, apoiador, perpetrador do terrorismo, caberia tal conceito?

Não lhes parece que aqui, já se esta estabelecendo a lógica, ilógica, para justificar a quebra do acordo, por parte dos iranianos, com base em qualquer questão referente as sanções mais do que lógicas e justas? Não lhes parece que já se estão preparando para retomar a toque de caixa e com vigor o programa ao arrepio da sociedade mundial, já jogando a culpa para outros, como sempre, alias?

 

 

Referencia de Imagem: https://goo.gl/images/23DRWx

http://g1.globo.com/mundo/noticia/presidente-do-ira-ameaca-sair-de-acordo-nuclear-se-houver-mais-sancoes.ghtml

Anúncios